17/06/2020 - 22:06h - 120

Profissionais da Saúde do Centro Covid HU passam por capacitação sobre os cuidados no uso de EPIs

O treinamento é feito por profissionais militares de saúde que estão em missão no Amapá. Aulas acontecem em uma sala do HU.
Profissionais da Saúde do Centro Covid HU passam por capacitação sobre os cuidados no uso de EPIs

Desde o dia 12 de junho os profissionais da área da saúde contratados que chegam para desenvolver as atividades no Centro Covid HU - montado no Hospital Universitário - passam por capacitação, com foco na segurança individual e coletiva e atuação com pacientes infectados pela covid-19. O treinamento é feito por profissionais militares de saúde que estão em missão temporária no Amapá para reforçar a linha de frente no enfrentamento ao coronavírus.

Até mesmo os profissionais contratados que já atuam na área da saúde passam por uma preparação específica para o combate ao novo coronavírus. Os assuntos são direcionados com abordagens na administração de medicamentos, correto registro da evolução dos pacientes e reforço dos protocolos de paramentação e desparamentação – colocar e retirar – de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

Primeira Tenente do Exército, a enfermeira Thais Fioravante, ministra a capacitação e fala sobre a importância de aprimorar as condutas do uso de EPIs.

“A paramentação e desparamentação precisa ter todo um cuidado, independente de ser covid-19. No entanto, devido a alta virulência do novo coronavírus, redobramos esses cuidados e reforçamos com o uso de álcool entre cada uma das etapas", destacou a militar.

Thais disse ainda que é muito importante reforçar as técnicas junto aos profissionais, pois estudos comprovam que grande parte da infecção por covid-19 em trabalhadores da saúde acontece no momento da retirada dos EPIs.

"Com isso queremos proteger nossos profissionais, para evitar o alto índice de infecção entre eles", reforçou.

Pelo menos 100 enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas já foram capacitados.

As aulas acontecem diariamente em uma das salas do Centro Covid-19 HU e para evitar aglomeração, os profissionais foram divididos em grupos de dez pessoas. Por dia, há de duas a três turmas sendo capacitadas.