24/05/2020 - 19:05h - 124

Por 4 dias seguidos, Amapá mantém maior taxa de isolamento social do país durante lockdown

Resultado parcial corresponde ao período de 19 a 22 de maio. As medidas restritivas seguem até a próxima quinta-feira, 28.
Por 4 dias seguidos, Amapá mantém maior taxa de isolamento social do país durante lockdown

O estado do Amapá prossegue como primeiro colocado do país em relação a taxa de isolamento social, mantendo a média de 55% por quatro dias seguidos – antes, o mesmo índice era de 46%, sem as medidas restritivas atuais.

O aumento desse percentual é resultado da operação "Lockdown", uma medida do Governo do Amapá e municípios para conter o avanço da Covid-19. No primeiro dia de lockdown a taxa de isolamento social ficou em 57%. Nos dois dias seguintes, 55%. Ontem, 22, a taxa foi de 54%.

As medidas mais restritivas começaram a ser aplicadas na última terça-feira, 19, com barreiras sanitárias e de trânsito em pontos estratégicos de Macapá, além de outros serviços nos bairros mais afetados pelo coronavírus na capital do Amapá.

Segundo o coordenador do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (Coesp), coronel Carlos Souza, a meta é alcançar o índice de 70%, como recomenda a Organização Mundial da Saúde (OMS). Ainda assim, o Amapá segue liderando os estados brasileiros, incluindo aqueles que também adotaram o lockdown.

"Isso mostra que nossas estratégias estão dando certo. Esperamos que a população continue acreditando na importância do isolamento social, para alcançarmos nossa meta", afirmou Carlos Souza.

A força-tarefa seguirá atuando até a próxima quinta-feira, 28, quando se encerram os 10 dias de lockdown. Até o momento, o trabalho resultou nós seguintes números:

- 6.824 veículos abordados;

- 191 autos de infração notificados pela desobediência ao rodízio de placas;

- 156 estabelecimentos vistoriados e 39 notificados;

- 55 vias e locais receberam o serviço de desinfecção;

- 256 visitas a residências com casos positivos da Covid-19;

- 4.229 aferições de temperatura, das quais 114 apresentaram quadro febril;

- 87 testes rápidos aplicados nas barreiras, sendo que 30 deles deram positivos para a doença.

Cooperação

A operação lockdown é um esforço do Governo do Amapá com os municípios, envolvendo vários órgãos da saúde e segurança pública. Ao todo, são 860 agentes e 150 viaturas.

Integram a força-tarefa as polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) e Departamento de Trânsito e Transporte (Detran-AP).

O trabalho também conta com o apoio de órgãos municipais de Macapá e Santana, como a Guarda Civil Municipal, Companhia de Trânsito e Transporte (CtMac) e Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Postura Urbana (Semam) e Superintendência de Transporte e Trânsito de Santana (STTrans).