26/05/2020 - 13:05h - 160

Governo do Estado recebe primeiros equipamentos para HU

São 30 respiradores que fazem parte dos mais de 200 equipamentos que serão enviados pelo Ministério da Saúde (MS) para estruturar a unidade.
Governo do Estado recebe primeiros equipamentos para HU

Chegaram no início da noite deste domingo, 24, os primeiros equipamentos que farão parte da estrutura que está sendo montada no Hospital Universitário (HU), em Macapá, para o atendimento aos pacientes com Covid-19.

São 30 respiradores que fazem parte dos mais de 200 equipamentos que serão enviados pelo Ministério da Saúde (MS) para estruturar a unidade. Um termo de doação do MS garante que garante que após o fim da pandemia os equipamentos continuarão no Amapá dando suporte à rede de alta complexidade estadual.

Segundo o secretário de Saúde, Juan Mendes, os respiradores vieram antecipadamente para que pudessem ser calibrados, instalados e testados de forma preventiva.

“Esses respiradores são importantíssimos para os pacientes com a Covid-19, porque eles são justamente equipamentos que fazem com que o paciente tenha um auxílio na sua oxigenoterapia", explicou.

Uma cooperação entre o Estado e a Universidade Federal do Amapá (Unifap) permitiu a utilização de uma ala do HU para instalar 82 novos leitos - 32 intensivos e 50 clínicos. O estado também trabalha para aumentar este número total para 104 leitos.

A articulação para cessão do prédio foi feita pelo governador Waldez Góes e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que também garantiu, junto ao Ministério da Saúde, profissionais, equipamentos e insumos para o local.

Avanços

O Governo do Amapá iniciou na semana passada a estruturação do Hospital Universitário com geradores, rede de água e tanque de gases.

Os 5 geradores instalados possuem capacidade para 500 litros de combustível cada, o que, em caso de queda de energia, dará uma autonomia de funcionamento de 6 a 8 horas para manter toda a estrutura que será disponibilizada na unidade.

A empresa contratada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) para instalar a rede de gases medicinais, já instalou o primeiro tanque. O segundo está em andamento. A rede irá atender todos os leitos previstos para o Centro.

A Companhia de Água e Esgoto do Amapá (Caesa) já concluiu a interligação da rede de água do local e irá disponibilizar um reservatório móvel com capacidade para 30.000 litros.

O termo de uso do HU não envolve repasse de recursos financeiros pelo Estado e ficará disponível por três meses, podendo ser prorrogado.