16/06/2020 - 01:06h - 122

Governo do Amapá coordena ações de combate à covid-19 em aldeias indígenas

Estado segue monitorando a situação do coronavírus nas aldeias indígenas do Oiapoque e Parque do Tumucumaque.
Governo do Amapá coordena ações de combate à covid-19 em aldeias indígenas

Desde que surgiram os primeiros casos de covid-19 em indígenas no Amapá, o Governo do Estado vem coordenando uma série de ações para reforçar o combate ao coronavírus entre esses povos.

Foi para dar continuidade a esse trabalho que aconteceu uma reunião de alinhamento nesta sexta-feira, 12, no Palácio do Setentrião, entre representantes do Governo do Estado, Prefeitura Municipal de Oiapoque, Distrito Sanitário Especial Indígena do Amapá e do Norte do Pará (Dsei) e Fundação Nacional do Índio (Funai).

Nas últimas semanas, o Governo do Amapá enviou medicamentos, equipamentos de proteção individual (EPI), álcool em gel 70%, testes rápidos e profissionais de saúde para as aldeias localizadas no Oiapoque e no Parque do Tumucumaque.

“O governo do Amapá forneceu a maior parte desse material para que o Dsei pudesse fazer o trabalho de combate e prevenção nas aldeias. Além disso, seguimos atuando com outra frente nas casas de apoio que abrigam os indígenas que estão na capital”, explicou o chefe de Gabinete do Governador, Marcelo Roza.

Foi definido que, para uma nova etapa, já existe a disponibilidade de enviar mais 4 mil unidades de medicamentos pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa); 11.930 unidades de outros remédios adquiridos pelo Dsei e mais 2 mil unidades de disponibilizadas pela Prefeitura de Oiapoque.

LEIA TAMBÉM: Parceria garante ao Amapá doação de álcool em gel à profissionais da saúde, indígenas e população vulnerável

Casas de Apoio

Como parte das ações de combate à covid-19 entre os povos indígenas, o Governo do Amapá realiza visitas de monitoramento a índios domiciliados nas casas de apoio, em Macapá. Nessas ações, o Núcleo Estadual de Saúde Indígena (Nesi), e a Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) realizam testes rápidos e aplicação do protocolo terapêutico.

LEIA TAMBÉM: Covid-19: Governo do Estado monitora famílias indígenas em Macapá

Leitos exclusivos

Por solicitação direta do governador do Amapá, Waldez Góes, o Centro de Atendimento à Covid-19 instalado no Hospital Universitário conta com uma ala exclusiva para atendimento aos povos indígenas. Inicialmente,a área conta com quatro leitos destinados para esse tipo de atendimento.

LEIA TAMBÉM: Com 109 leitos, centro covid do HU terá alas para crianças e indígenas

Ações de desinfecção

O Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CBM/AP) realizou ações de desinfecção de locais públicos em aldeias indígenas e nas casas de apoio que realizam o acolhimento dos indígenas que estão no município de Macapá.

Nas comunidades indígenas, o CBM/ utilizou bombas de Ultra Baixo Volume (UBV) para realizar a limpeza de escolas, igrejas, centros comunitários e postos de saúde. O trabalho de desinfecção aconteceu com o uso de produtos químicos para eliminar o vírus presente em superfícies de locais onde há um grande fluxo de pessoas

LEIA TAMBÉM: Aldeia Kumarumã, em Oiapoque, recebe ação de desinfecção contra o coronavírus