23/06/2020 - 21:06h - 126

Com novos itens de proteção, Amapá reforça combate ao coronavírus em aldeias indígenas e nos Centros Covid

Estado recebeu 3,9 mil itens de proteção como máscaras de mergulho adaptadas e álcool gel.
Com novos itens de proteção, Amapá reforça combate ao coronavírus em aldeias indígenas e nos Centros Covid

 O Governo do Amapá recebeu no último sábado, 20, mais de 3,9 mil itens de que vão reforçar o enfrentamento à covid-19. Entre os produtos, estão Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para comunidades indígenas do município de Oiapoque. Também foram recebidas máscaras de mergulho adaptadas para respiradores aos Centros Covid do Estado. É uma tecnologia italiana que já vem sendo utilizada no Amapá e possibilita uma forma menos invasiva no tratamento de pacientes em estado grave.

Os itens foram transportados à capital no avião Bandeirante, que pertence ao Estado.

Entre os EPI's, estão 2.300 máscaras de TNT, 1.100 aventais de TNT e 350 face shields (protetor facial). Além disso, foram recebidos 500 litros de álcool gel 70%, que serão distribuídos para todos os municípios.

Recebidos pela Defesa Civil, os produtos destinados às aldeias serão distribuídos ainda neste fim de semana pelo Distrito Sanitário Especial Indígena do Amapá e Norte do Pará (Dsei). Já as máscaras serão distribuídas pela Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) de acordo com a demanda.

O material é contribuição de um advogado local que contou com a parceria do projeto #AjudarSempre, do município de Batatais (SP). O grupo disponibilizou modelos para impressão 3D da máscara de mergulho adaptada e de face shields, na Universidade do Estado do Amapá (Ueap).

Segundo a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (Setec), o Amapá agora possui 50 máscaras de mergulho adaptadas e, caso seja necessário, a Ueap fará a impressão de mais exemplares. Cada máscara consegue suprir a necessidade de uma ala médica inteira e pode ser compartilhada entre pacientes.